FRANTZ

Em uma pequena cidade alemã após a Primeira Guerra Mundial, Anna visita diariamente o túmulo de seu noivo Frantz, morto na França. Um dia, um jovem francês, Adrien, também deixa flores no túmulo.

A misteriosa presença de Adrien desperta curiosidade, sentimentos e revela segredos.

O filme é bonito e poeticamente artístico. A fotografia linda explora o uso do preto e branco como parte da narrativa, assim como em outros momentos a tela revela as cores.
Assisti-lo tem o mesmo sabor de ler um livro misterioso e dramático. É uma história sobre verdades, mentiras, perdão, amor, luto e vida.

Sabe quando os atores escolhidos casam perfeitamente com seus personagens? É isso que acontece em Frantz. Dramaticidade, mistérios e todas as características dos protagonistas desta história são perceptíveis no olhar, nas características físicas e gestuais.

Resumindo, o filme é um dos melhores lançamentos desta semana para os cinemas. Aproveite o friozinho, troque o refrigerante por um chocolate quente e deleite-se com esta história.

Minha dica é um passei pela Av. Paulista no fim de semana e depois assistir ao filme no Espaço Itaú de Cinema Augusta.

Frantz está nos principais cinemas do Brasil.
Em São Paulo está em cartaz no Espaço Itaú de Cinema Augusta; Cinesystem Morumbi Town Shopping; Cinépolis Iguatemi Alphaville.

Ficha Técnica

Título original: Frantz
Direção e Roteiro: François Ozon
Elenco: Pierre Niney, Paula Beer, Ernst Stötzner, Marie Gruber, Johan von Bülow, Anton von Lucke, Cyrielle Clair e Alice de Lencquesaing
País: França e Alemanha
Gênero: Drama
Ano: 2016
Duração : 113 Minutos
Distribuidora: California Filmes

Curiosidades

O longa é inspirado numa peça escrita por Maurice Rostand depois da Primeira Guerra Mundial.

Um 1931 Ernst Lubistscj dirigiu “Não Matarás” inspirado na mesma peça.
Sobre isso Ozon disse: “O longa de Libitsch é bonito e valoroso visto pela ótica do contexto pacifista e idealista de depois da guerra. Eu incluí várias de suas cenas. É o filme menos conhecido dele, seu único drama, e foi mal nas bilheterias. A direção dele é admirável e altamente inventiva como sempre. Mas é o filme de um diretor americano de sangue alemão que não sabia que uma segunda guerra mundial estava despontando no horizonte. Ele fez um filme otimista sobre reconciliação. Minha abordagem, como um francês que não viveu durante uma guerra mundial, seria obviamente diferente”

“Frantz” é o quarto filme de Ozon lançado no Brasil pela California Filmes. A distribuidora já lançou “Swimming Pool – À Beira da Piscina”, “Ricky” e “Dentro de Casa”.

Fotos das cenas em preto e branco

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *