MANIFESTO

Os históricos manifestos de arte podem ser aplicados à sociedade contemporânea? Uma homenagem às declarações artísticas e inovadoras do século XX, dos futuristas e dadaístas ao Pop Art, Fluxus, Lars von Trier e Jim Jarmusch, esta série de reencenações interpretadas por Cate Blanchett explora os componentes performativos e o significado político dessas declarações.

O filme é quase que uma obrigação para estudantes de História das Artes e Artes em geral. Também é uma boa opção para quem estuda o inglês. What? Você não leu errado, escrevo isso porque Cate Blanchett pronuncia as palavras com clareza, uma boa opção para ouvir a pronúncia correta do idioma.

Por falar na atriz, Cate Blanchett dá um show de interpretação, porém, em alguns momentos, senti falta de um “time” para absorver a intensidade de alguns manifestos mais intensos. O diretor poderia ter pensado em um contraponto para as partes mais densas.

Manifesto não é um filme para todas as pessoas, mas é um belo observatório para atores e cinéfilos.

 

Ficha Técnica


Título Original: Manifesto
Direção: Julian Rosefeldt
Roteiro: Julian Rosefeldt
Elenco: Cate Blanchett, Erika Bauer, Ruby Bustamante
País: Alemanha, Austrália
Ano: 2017
Duração: 95 minutos
Gênero: Drama
Distribuição: Mares Filmes

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *