PIRATAS DO CARIBE – A Vingança de Salazar

Para quem sentiu falta do capitão Jack Sparrow, seus piratas e seus perseguidores chegou a hora de acabar com a saudade.

Nesta nova saga, após uma fase de azar, Sparrow precisa enfrentar o Capitão Salazar (Javier Bardem) e seu exércitos de marinheiros fantasmas. Para vencer é necessário encontrar o tridente de Poseidom. O Pirata conta com a ajuda de Carina Smyth (Kaya Scodelario) e Henry Turner (Brenton Thwaites), filho de William Turner.

Durante o filme tem até um flash back do dia em que o anti-herói tornou-se capitão do Pérola Negra.

O novo casal Carina e Henry não são arrebatadores e envolventes como Orlando Bloom e Keira Knightley com seus personagens Will e Elizabeth que fizeram a gente torcer por esse amor. Pelo contrário, fiquei com saudade de assistir o antigo par em ação, eles aparecem apenas em alguns segundos do filme.
Resumindo: William Turner fez falta!

O talento de Johnny Depp é indiscutível, mas poderia ter trazido alguma novidade na interpretação de Sparrow, que continua com os mesmo jeitos e trejeitos sem mudar nadinha.

Claro que o filme não é só defeitos, estamos falando de uma produção da Disney, é grandioso, têm ótimos efeitos visuais e sonoros, a trilha musical. Como sempre, arrasa.
Os figurinos impecáveis, os desgastes das roupas são bem pensados para cada cena de aventura.

Em relação ao roteiro, a fantasia é bem explorada sem pesar a mão. Aceitamos toda aquela ficção com naturalidade, bem ao estilo Disney.

Tenho que falar de Javier Bardem, excelente ator, mandou muito bem como Capitão Salazar, assim como o grande ator Geoffrey Rush com seu personagem Hector Barbossa.

É impossível não fazer comparações: Piratas do Caribe – A Maldição do Pérola (2003), o primeiro de cinco, continua sendo o melhor. Porém não precisa desanimar. Para quem gosta da série Piratas Do Caribe, A Vingança De Salazar não decepciona.

Vale a pena ir ao cinema. Aproveite o fim de semana e corra para esta aventura.

Ficha Técnica

Título Original: Pirates of the Caribbean – Dead Men Tell No Tales
Gênero: Aventura e Ação
Data de Lançamento: 25 de Maio de 2017
Duração:  2h10
Diretores: Joachim Rønning e Espen Sandberg
Roteiro: Jeff Nathanson
Elenco:

CURIOSIDADES

As filmagens foram em Queensland, Austrália. Mesma cidade do ator Brenton Thwaites, que faz o papel de Henry Turner.

A figurinista Penny Rose para desgastar as roupas utilizou raladores de queijo, uma betoneira (misturador) com os trajes e cascalhos e até o uso de maçarico.

Durante as gravações era usadas 27 “gruas articuladas” (do tipo girafas para manuseio, carregamento e elevação hidráulica).

A maquiagem do ator Javier Bardem, para transformar-se em Salazar, durava de duas a três horas, todos os dias.

Na sequência da guilhotina na Praça de Execuções, as duas cabeças separadas dos corpos de seus ex-donos foram modeladas utilizando como base os diretores Joachim Ronning e Espen Sandberg.

A garrafa de rum do Capitão Jack Sparrow é um item do século 18º da Inglaterra.

As diversas sombrinhas do filme foram feitas a mão por uma senhorinha com mais de 70 anos em Brisbane, uma das últimas pessoas no mundo que faz tal trabalho de artesanato.

FOTOS 

 

Entrevista e trailler

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *