BUMBLEBEE

Por Hugo Dourado

Esqueça aquela guerra e destruição do planeta com robôs gigantescos e barulhentos se matando do início ao fim do filme. Bumblebbe, que entra em cartaz dia 25 de dezembro, do diretor Travis Knight (do ótimo Kubo e as Cordas Mágicas), tem algumas batalhas, mas o principal foco da história é a amizade entre a jovem Charlie e o robozinho amarelo.

O filme é leve, engraçado, divertido e traz um frescor para a franquia de vários filmes ruins, exagerados e com uma fórmula bem desgastada. A história se passa no final dos anos 80 com uma trilha sonora luxuosa, com The Smiths, A-ha, Tears for Fears entre outros. Os acontecimentos vão explicar como Bumblebee veio parar na Terra, agora como um simpático fusquinha amarelo.

Achei que rolou uma boa química de Hailee Steinfeld com o robozinho, que as vezes parece um bichinho de estimação, e isso causa envolvimento e empatia com o público. O filme é uma grande sessão da tarde, com muita qualidade e um divertimento garantido. Pode ir no cinema com a família que não vai se arrepender.

Na história Bumblebee, um robô soldado do bem, é enviado à Terra por Optimus Prime (ele mesmo dos filmes anteriores) para encontrar um lugar seguro e também proteger nossa civilização dos robôs malvados da Decepticons, porém ele perde sua memória. Tempos depois é encontrado pela jovem Charlie (Hailee Steinfeld) no ferro velho de seu tio. Após o susto inicial da descoberta, os dois se tornam amigos inseparáveis e vão viver uma grande aventura, enfrentando problemas com as autoridades e dois robôs assassinos, para salvar nosso planeta. No elenco ainda está John Cena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *